quinta-feira, 13 de julho de 2017

FESTA DOS CEM ANOS DA IGREJA RECIFENSE PODERÁ SER NA ARENA PERNAMBUCO

Segundo informações, a festa dos cem anos da IEADPE poderá ser na Arena pernambuco, um estádio construído para a Copa do Mundo de 2014, no Brasil, e que fica em São Lourenço da Mata, Região Metropolitana de Recife PE.
A festa promete ser grandiosa, soberba, e que ficará na história de Pernambuco, quiçá do Brasil, com convidados de  muitas partes do Brasil e do mundo, e um coral de milhares de vozes, tanto de crianças quanto de jovens e adolescentes, além dos corais, primeiro órgão da igreja. Certamente a igreja de Pernambuco está planejando isso há mais de dois anos, e vem ensaiando como será realizada todos os procedimentos. Os gastos serão enormes, imagino.
Certamente serão feitos alusões aos fundadores da igreja pernambucana, como Adriano Nobre e  Joel Carlson, fundadores da igreja daqui.
A informação tem procedência,pois esse estádio e um dos poucos lugares aqui que pode abarcar uma festa dessa magnitude, pois será grande.
Aqui começou o círculo de oração, e isso é um dos marcos dessa igreja. Não se sabe se Abreu e Lima vai ter sua parcela de participação também, bem que poderia, pois têm a mesma origem. Quem sabe, não é?
Que seja comemorado os cem anos da igreja, e que a festa seja para a glória de Deus, que sejam lembrados os grandes feitos de Deus através dos obreiros, que sofreram perseguições no Sertão do estado,e em outras partes dele, os que morreram, perseguidos por um certo frei que veio da Itália, dos irmãos que morreram queimados, açoitados, templos queimados com o povo dentro, que foram tirados de madrugada de suas casa, que tiveram de sair correndo de casa, perseguidos pelos padres e seus comandados, verdadeiros bandidos por trás das batinas, das irmãs que carregaram baldes de cimentos, de carros de mão, tijolos, ajudando os pedreiros, as cozinheiras, e tantas outras e outros que fizeram tantas coisas.
Há muitas histórias que jamais serão esquecidas, e, nesses cem anos que serão comemorados, isso não deve ser olvidado. Quem estiver à frente, nesse dia, na festa, lembre desses grandes obreiros, mas lembrem também desses humildes irmãos que sofreram, morreram, para que hoje tivéssemos essa grande igreja, a Bíblia, sem esquecer dos 500 anos da Reforma Protestante.
Que Deus abençoe a IEADPE, ao pastor Aílton, a igreja recifense,a Abreu e Lima, e que essa festa seja para a Glória do Senhor dos exércitos!